De acordo com relatório da Agência Nacional de Águas (ANA), divulgado na quarta-feira (11), sete barragens na Bahia estão com estruturas comprometidas. Os reservatórios de Paramirim, Rio de Contas e Ibiassucê fazem parte da lista. Entre as irregularidades apontadas: erosões, rachaduras, buracos, infiltrações, corrosão de tubulações, presença de vegetações, afundações e fissuras.

O relatório divulgado tomou como base dados de 2018. Segundo a ANA, o número de barragens com problemas cresceu em relação a anos anteriores. Em 2017, eram 45 e, em 2016, 25. Ao todo, 68 barragens em todo país apresentaram problemas.

Fonte: Achei Sudoeste