“Neuroteologia e Neurociências: uma conexão entre ciência e religião”. Este foi o tema do trabalho apresentado pela estudante de Psicologia do Centro Universitário UniFG, Ruth Oliveira (Irmã Pacífica), no Congress on Brain, Behavior and Emotions 2019, ocorrido no Centro Internacional de Convenções do Brasil – CICB em Brasília/DF.

Orientada pela Prof. Alanna Cibelle, o trabalho estuda a relação entre a experiência religiosa e a ativação de áreas cerebrais específicas, demonstrando a interação com o córtex, hipotálamo, hipocampo e amígdala. No estudo, foi observado que o lobo temporal e o hipocampo são as áreas prioritariamente ativadas e mais citadas em diferentes pesquisas. “A participação nesse evento foi enriquecedora e de grande relevância, sobretudo porque foi possível acompanhar palestrantes de renome internacional falando sobre o que há de mais atual dentro do campo da neurociências” enfatiza a aluna Irmã Pacífica.

Tema de discussão na neuroteologia, a ligação religião/ciência permeia diversas discussões que incluem a compreensão da conexão do sistema neural e a religiosidade. O estudo está vinculado ao Grupo de Pesquisa em Biotecnologia (BIOTEC) da UniFG, que possui em uma das suas linhas de pesquisa a vertente Neurociências coordenada pelo Prof. Eldevan dos Santos.

O evento em que o trabalho foi apresentado possui uma especial importância, por reunir pesquisadores de diversas partes do mundo e, sobretudo, por apresentar interface entre as diversas áreas da neurociências (neurologia, psiquiatria, geriatria, psicologia, pesquisa básica) que discute temas de grande interesse que permeiam desde o tratamento de doenças como Alzheimer, Parkinson, depressão, esquizofrenia, ansiedade, TOC e epilepsia até a neurociência do cotidiano.

Fonte: UniFG

Comente via Facebook!