O motorista foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia para que possa ser encaminhado à Justiça e tenha início o cumprimento da pena. Ele responderá também por receptação, adulteração veicular e uso documento falso.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na manhã desta segunda-feira (07), um foragido da justiça que possuía mandado de prisão em aberto pelo cometimento do crime de homicídio. Ele também foi flagrado transitando na rodovia com carro roubado e apresentou aos policiais um CRLV falsificado.

Equipe fiscalizava no Km 604 da BR 324, em Simões Filho (BA), quando abordou um veículo GM/Prisma, com 01 ocupante.

Foram solicitados os documentos do veículo e do motorista. Em consulta ao banco de dados e sistemas policiais utilizados pela PRF, foi constatado que o condutor, um homem de 25 anos, possuía em seu desfavor um mandado de prisão em aberto decorrente de processo pelo crime de homicídio, delito previsto no art. 121 do Código Penal Brasileiro. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Vara Criminal da Comarca de Esplanada-BA.

Durante a fiscalização no veículo, foram encontradas indícios de adulterações nos elementos identificadores, o que levou a equipe a aprofundar a verificação no automóvel. Com técnicas de identificação veicular, os PRFs perceberam elementos que indicavam outro veículo, da mesma marca e modelo, porém com placas diferentes.

Após consulta ao sistema de dados, os agentes constataram se tratar na realidade de um Prisma roubado em maio/2018, na cidade do Salvador (BA). Para não levantar suspeitas e ‘burlar’ fiscalizações, as placas originais foram trocadas por outras de um carro com características semelhantes. Em uma verificação minuciosa do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), a equipe identificou indícios de falsificação do documento.

Questionado, o infrator informou que adquiriu o veículo há cerca de 4 meses e pagou 30.000 reais.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao condutor, sendo este encaminhado à autoridade competente para a Delegacia de Polícia Civil de Simões Filho (BA), para as providências cabíveis. Após os trâmites legais o veículo será devolvido ao seu legítimo proprietário.

Em 2019, a PRF na Bahia já prendeu mais de 30 pessoas com mandado de prisão em aberto e entregou a Justiça para cumprimento da pena.

Fonte: PRF BA

Comente via Facebook!