A partir de hoje, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) disponibilizará ao mercado o acesso ao banco de dados do Cadastro Positivo. Bancos, lojas e demais empresas que concedem crédito poderão consultá-lo antes de aprovar financiamentos e parcelamentos. O Serasa liberou a consulta no último dia 11.

Chamado de “lista de bons pagadores”, o Cadastro Positivo reúne informações sobre pagamentos de empréstimos, financiamentos e crediários de cada cliente nos últimos 12 meses. Fazem parte do histórico quantidades e valores das parcelas, assim a pontualidade de pagamento. Contas de água, luz, gás e telefone, também podem ser avaliadas.

Esses dados servem para fundamentar a nota (score) de cada cliente, sendo que a nota é melhor para consumidores quem paga em dia suas obrigações. Segundo o SPC Brasil, neste primeiro momento, o mercado poderá consultar o score de crédito do consumidor (para avaliar a probabilidade de pagamento), índice de pontualidade, índice de comportamento de gastos e índice de consultas que o CPF do consumidor tem por segmento de empresas.

Desde novembro, mais de 120 milhões de consumidores estão sendo notificados via SMS, e-mail ou carta sobre a abertura automática do seu Cadastro Positivo. Ao receber a comunicação, o consumidor pode acessar o site do SPC Brasil para acompanhar o seu score de crédito e o histórico de compromissos financeiros.

“Os maiores beneficiados com isto serão os consumidores de baixa renda, que poderão contar com informações como a do pagamento em dia das contas de consumo para compor seu score no Cadastro e, assim, se tornarem candidatos viáveis ao crédito. Também terão benefícios as instituições financeiras, se o Brasil seguir o exemplo de países que já possuem serviço semelhante, onde o índice de inadimplência diminuiu até 45% após a implantação do sistema”, avalia o advogado José Luiz Rodrigues, especialista em regulação.

Fonte: DESTAK

Comente via Facebook!